quarta-feira, 18 de março de 2020

Lírio-da-Chuva Rosa (Habranthus robustus/Amaryllis robusta/Zephyrantes robusta)


Família: Amaryllidaceae

Ocorrências confirmadas: Mata Atlântica e Pampa

Local de cultivo: Sol Pleno

Substrato: Terra rica em matéria orgânica (pode misturar areia grossa de construção)

Rega: Moderada (deixar secar a terra antes de regar novamente)

OBS: Essa espécie é muito confundida com o Lírio-das-chuvas rosa que não é brasileiro (Zephyranthes rosea). Para diferenciar as duas espécies basta ter olhos atentos. As flores do nosso Lírio brasileiro são maiores, tem um rosa mais suave e são inclinadas, quase voltadas "olhando" pra frente. Já as flores da espécie de fora do Brasil são mais rosa-pink e voltadas "olhando" para o céu. Compare as fotos.

Espécie exótica de lírio-das-chuvas (Zephyranthes rosea)
Espécie Brasileira de lírio-das-chuvas (Habranthus robustus)
Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=bMbKhJUg7RM&t=37s




 Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!

quinta-feira, 5 de março de 2020

Bromélia Nidularium innocentii


Família: Bromeliaceae

Ocorrências confirmadas: Mata Atlântica

Local de cultivo: Sombra (iluminação indireta)

Substrato: Essa espécie é epífita (cresce sobre outras plantas como orquídeas), rupícola (se desenvolve sobre rochas) ou terrícola. O meu exemplar está plantado no chão, em terra de jardim que é um pouco arenosa e se desenvolve muito bem, porém você pode utilizar substrato pronto para epífitas ou a mistura que utilizo para maioria das minhas bromélias:
substrato rico em matéria orgânica (terra adubada) misturada com areia, casca de pinus ou pedaços pequenos de carvão vegetal. Utilize o que for mais fácil para você adquirir.

Rega: Moderada (quando a terra secar, regar novamente)

Videos: 
https://www.youtube.com/watch?v=oPgBxx15Y1g

https://www.youtube.com/watch?v=oPgBxx15Y1g

Nidularium innocentii variedade striatum

Nidularium innocentii em ambiente natural


Nidularium innocentii variedade erubescens
 Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Guamirim-de-Flor-Rosa (Calyptranthes concinna/Myrcia cruciflora)


Família: Myrtaceae

Ocorrências confirmadas: Mata Atlântica, Cerrado

Local de cultivo: Sol Pleno ou Meia Sombra

Substrato: Rico em matéria orgânica

Rega: Moderada (observei que quando regava com muita frequência as folhas estavam com manchas que pareciam fungos, assim que diminui a rega essas manchas sumiram)

OBS: Além de ter uma floração belíssima, atrai muitas abelhas nativas e tem frutinhos comestíveis!




 Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Orquídea Epidendrum denticulatum


Família: Orchidaceae

Ocorrências confirmada: Cerrado e Mata Atlântica
Fonte: http://reflora.jbrj.gov.br/(modificado)
Local de cultivo: Sol Pleno ou Meia Sombra

Substrato: Diversos, fibroso de preferência, existem substratos prontos para orquídeas terrestres. Ou você pode fazer uma mistura de terra, areia de construção e pinus. Além disso, algumas pessoas cultivam sem terra como se fosse uma orquídea epífita (que vive sobre outras árvores). Vale lembrar que na natureza essa espécie é terrícola ou rupícola (se desenvolve sobre rochas) e mistura de pedra brita com terra também deve funcionar. Assim, utilize oque for mais fácil pra você utilizar.

Rega: Frequente (manter as raízes úmidas) e reduzir durante o inverno.






 Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!




domingo, 9 de fevereiro de 2020

Flor-de-São-Miguel/Petréia (Petrea volubilis)


Família: Verbenaceae

Ocorrências confirmadas: Amazônia e Mata Atlântica

Local de cultivo: Sol Pleno

Substrato: Rico em matéria orgânica

Rega: Morderada (espera a terra secar para regar novamente) e na época de floração aumentar a rega.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=na8Pzqg2VGU

OBS: Essa planta pode ser encontrada na forma de arbusto, árvore ou trepadeira.


Petréia na variação branca

Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Bromélia Caraguatá/Gravatá (Bromélia balansae)


Família: Bromeliaceae

Ocorrências confirmadas: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal

Local de Cultivo: Sol Pleno de preferência ou Meia-sombra

Substrato: Ao contrário de outras bromélias é uma planta terrícola, utilizo 50% de terra bem adubada e 50% de areia de construção.

Rega: Moderada. A minha está plantada no chão e como aqui chove muito quase não preciso regar. Essa bromélia não possui um tanque de água central.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=uYY5hy4DaFw

OBS: Seu frutos maduros são comestíveis e utilizados na medicina popular em xaropes

Floração

Frutos maduros

Detalhe da floração

Tem alguma dúvida ou sugestão? Escreva nos comentários!